Retornar à página inicial

Lançamento Portugal Sou Eu

O "Portugal Sou Eu", lançado hoje pelo Ministério da Economia e do Emprego, é um programa dirigido a cidadãos, empresas e entidades públicas, com o objectivo de valorizar a oferta nacional. 

Este programa poderá ter um impacto positivo na balança comercial portuguesa de pelo menos 700 Milhões de Euros por ano, de acordo com estimativas do Gabinete de Estratégia e Estudos do Ministério da Economia e do Emprego.

A face mais visível do "Portugal Sou Eu" é a atribuição de um selo aos produtos com elevada taxa de incorporação nacional, que permite aos consumidores reconhecê-los e, ao comprá-los, contribuir para o fortalecimento do tecido produtivo português. "Este programa é vital para a economia portuguesa, já que fomenta uma produção com elevada incorporação de valor em Portugal. Contribui para a revitalização do tecido produtivo, para a competitividade das empresas, e consequentemente, para a criação e manutenção de postos de trabalho", considera Álvaro Santos Pereira.

"Este programa é vital para a economia portuguesa, já que fomenta uma produção com elevada incorporação de valor em Portugal. Contribui para a revitalização do tecido produtivo, para a competitividade das empresas, e consequentemente, para a criação e manutenção de postos de trabalho", considera Álvaro Santos Pereira.

O "Portugal Sou Eu", que abrange toda a cadeia de valor desde a produção até à distribuição, visa sensibilizar as grandes e médias empresas para que possam incorporar mais produção nacional na sua cadeia de fornecimento.

Trata-se de um programa governamental liderado pelo IAPMEI e operacionalizado pela AEP, AIP e CAP. Até ao momento, mais de 100 empresas já manifestaram interesse em qualificar os seus produtos. Esse processo de qualificação pode ser feito no portal "Portugal Sou Eu" (www.portugalsoueu.pt).

O "Portugal Sou Eu" tem a ambição de ter 3000 produtos qualificados até ao final de 2013.